Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Ghoul – Stud Verde

Mem Cade Ce – Stud Verde

Gladiador Acteon – Stud HRN

Joka Tango – Stud Lagoa 26

Baccos – Stud Cajuli

Useiroevezeiro – Stud Cariri do Recife

Hotel Dorchester – Stud Cariri do Recife

Amore Mio – Stud Capitão

Manancial – Stud Everest

Hammana – Stud Verde

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Baccos – Stud Cajuli

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Luigi Bros – Haras Do Morro

Elemento Fatal – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Baccos – Stud Cajuli

Questor Maximus – Stud Nunes de Miranda

Rufus Gê – Stud Nunes de Miranda

Faraoh Nilo – Stud Capitão

Selo Negro – Stud Cajuli

Podolski – Sinval Domingues de Araujo

Energia Important – Stud Gold Black

Kurdish – Stud Capitão

Final Road – Haras do Morro

Acteon Gaúcho – Stud Hulk

Quarteto de Cordas – Haras do Morro

Ombak Bagusse – Haras Clark Leite

Escasa – Haras do Morro






Quarteto de Cordas, de malas prontas, para o Expresso do Oriente [20/09/2018]

Gerson Martins

Quarteto de Cordas vencendo o GP Brasil.

Quarteto de Cordas, craque do Haras do Morro, ganhador do Grande Prêmio Brasil de 2.018, está praticamente negociado com o turfe do oriente. Para ser mais preciso, depois de representar o Brasil, em novembro, na Breeder’s Cup, o filho de Rock of Gibraltar, vai passar por quarentena de dois meses, num país a ser escolhido por seus futuros proprietários, e partir para novos desafios, em Cingapura. Diogo Campos de Araújo, filho do turfman Sinval Domingues de Araújo, conversou com o Raia Leve, e falou do carinho e do apreço pelo craque, que proporcionou a família a maior emoção já sentida em tantos anos de amor, dedicação e investimento nos puros-sangues de corrida.

“Quarteto de Cordas representa um capítulo para lá de especial em nossas vidas. Ele foi um cavalo rejeitado, aqui e ali, em vários momentos, devido a ter uma cabeça feia, tipo encarneirada, que sempre causou desconfiança naqueles que poderiam ter investido nele. Mas, por um motivo ou outro, o descartaram de suas trajetórias turfísticas. Austin Healey era o seu nome, em 2.016, quando participou do leilão da Criação Nacional, e não atingiu o preço base da reserva. Adquirido, posteriormente, pelo Stud Sol de Marte, no Leilão realizado no Hipódromo da Gávea, mudou de nome e escreveu a sua história no turfe nacional”, conta.

Diogo lembra que Quarteto de Cordas era o nº 47 no Leilão do Beverly Hills Stud. O Haras do Morro decidiu recriá-lo. O preço baixo estipulado, apesar de ter bons aprumos, bom porte e de ser bastante saudável, lhe deixaram desconfiado. “Ele deve ter algum problema”, pensou na época. Notou em seguida que as pessoas se mostravam retraídas e pouco animadas sempre que olhavam para a cabeça no animal. Porém, quando o titular do Stud Sol de Marte decidiu se desfazer dele, não pensou duas vezes e fez o negócio mais rápido de sua vida.

“Eu tinha simpatia especial por ele. Depois dos primeiros bons resultados na esfera clássica apareceu um proprietário russo com interesse de adquirir Quarteto de Cordas. A condição para que o negócio fosse fechado seria não o inscrever na 2ª prova da Tríplice-coroa. Ficou combinado que se o pagamento da quantia fosse feito até data estabelecida, eu ficaria com o prejuízo do added. Porém, se o dinheiro não caísse na minha conta, Quarteto de Cordas correria normalmente”, explica.

O russo tentou fazer o depósito, fato confirmado pelo gerente do banco de Diogo Araújo, posteriormente. Acontece que ele estava na Irlanda, num daqueles dias de forte nevasca, e por isso o sujeito teve dificuldade para concretizar o tal depósito, feito por celular. Quarteto de Cordas correu abaixo do esperado, o russo ficou uma fera e desistiu da aquisição do cavalo. Diogo continuou a insistir com Quarteto de Cordas em percursos de fundo, embora a sua melhor corrida até então tivesse sido numa milha, em que chegou em segundo lugar para o invicto Flight Time.

“Tínhamos estudado o pedigree do Quarteto de Cordas e encontramos uma 3ª e uma 4ª mãe com bons resultados na distância maior. Havia o caso do Quari Bravo, um Punk que foi bem demais nos percursos de fundo. As pessoas, por outro lado, lembravam que a sua mãe, New Hampshire tinha sido recordista de 1.000 metros. O treinador, Luís Esteves, acreditava demais no animal. Confiança absurda. Repetiu durante todo o mês anterior ao Grande Prêmio Brasil que Quarteto de Cordas seria o vencedor. Ele justificava o otimismo pela mudança no treinamento e na maneira de correr o cavalo. Atrás, porém sem ficar muito longe, no meio do pelotão. O resultado final mostrou que ele estava certo. E o sonho do meu pai de ganhar o Grande Prêmio Brasil se realizou”, exulta. 

por Paulo Gama



Bastidores da Gávea, por Leandro Mancuso [20/09/2018]

GP Pellegrini será passaporte para Breeders’ Cup 2019. O vencedor do GP Carlos Pellegrini 2018 terá passaporte garantido para Breeders’ Cup 2019. O Brasil deverá ter representante na prova esse ano. Um dos empecilhos para os cavalos vencedores do GP Brasil correrem no festival milionário na terra do Tio Sam, é justamente a falta de tempo para quarentena e viagem, visto que a nossa prova máxima acontece em junho e o festival norte americano acontece em novembro do mesmo ano. A torcida por um animal brasileiro vencer a prova, dá esperança aos criadores e proprietários nacionais de no mínimo competir de igual para igual numa das melhores provas do calendário mundial.

Inforcer e Bay Ovar, ambos de propriedade do Stud Best Friends, treinados por I. C. Souza, irão reaparecer nas preparatórias da Tríplice Coroa carioca, na primeira semana de novembro.

A égua Amore Mio, do Stud Capitão, deverá mesmo ser inscrita no GP Carlos Gilberto e Carlos Telles da Rocha Faria (G2-2000mG) destinada para potrancas de 3 anos. Seu jóquei será Acedenir Gulart. 

Devemos ter outro bonito embate entre Fala Camarada e Enólogo no Clássico Derby Club – VI Etapa da Taça Quati (L.-3000mG) dia 7 de outubro. Ambos estão tinindo aos cuidados do competente R. M. Lima. 

Essa semana vários animais de Cidade Jardim vieram para Gávea e pelo andar da carruagem, mais cavalos virão.

Red Spirit agora pertence a Ricardo Correia e seguirá aos cuidados de J. A. Lopes. O titular está muito contente com a vitória de Fusaich Love e tem esperanças de correr provas graduadas na sequência com o animal.

O jóquei M. Staiti montou o fino em Olympic Indiana e aproveitou muito bem a oportunidade dada. Aos poucos vai buscando seu espaço para montar animais mais qualificados. Ele é muito trabalhador e assíduo nos matinais. 

Quem vencerá o GP Cordeiro da Graça? O páreo está muito parelho e teremos dois potros em franca evolução, Ghoul e Faraoh Nilo, além dos excelentes velocistas Voando Sorrindo, Essencial Lord e Super Rapha. 

O potro London Town (Scat Daddy numa mãe Galileo) do Haras Figueira do Lago, não tomou conhecimento da turma de cima e deverá ser preparado por D. Guignoni para correr prova graduada em breve.

O cavalo Or Noir, enfim, desencabulou. O animal foi muito bem apresentado por V. Nahid e deu a forra ao Haras Doce Vale, que estava aguardando uma vitória de grupo com Or Noir, sempre foi tido em alta conta. Direção das melhores do jóquei contratado W. S. Cardoso.

Por falar em W. S. Cardoso, ele assinou montarias para essa semana e está muito bem após ter sofrido batida no partidor no último páreo de domingo, no dorso de Vênus Berg. Boa sorte!

Gostaria de salientar a vitória de Medjugorje do Haras Nacional, filho do Hendrix (aquele mesmo que correu uma enormidade contra Bal a Bali, perdendo para recorde os 2.000 grama). Ele ainda dará alegrias ao proprietário e ao treinador R. Morgado Neto, já que a tendência é a melhora gradativa na distância. 

O cavalo Chicão será o novo reprodutor do Stud Embalagem. Ele foi adquirido recentemente. Boa sorte ao titular Chicão, que terá seu xará como garanhão. Detalhe curioso: a esposa do proprietário se chama Márcia e ele tem a égua Dona Márcia, que já está na reprodução. Então do futuro cruzamento sairá filho legítimo, então tem que ser bom. 

Dois potros essa semana chamaram atenção: Gardian e Faith In God. Ambos deverão vencer em breve e serão animais de qualidade na distância.    

Quarteto de Cordas, mais um cavalo sendo exportado, ele foi adquirido por um grupo de Cingapura. A idéia a princípio seria dele correr a Breeders Cup em Churchill Dows, nos Estados Unidos, no dia 3 de novembro. Ainda não é certo que isso possa acontecer, vamos aguardar. 

Você sabia? Que a comissão de corridas do hipódromo do Cristal baixou em um real o prêmio de animais de 4 anos, no intuito do animal vencer três corridas por lá e ainda pegar o perdedor no Rio de Janeiro.

O Grande Prêmio Bento Gonçalves será realizado nos dia 21 de outubro, haverá corridas também no dia 20. O presidente Juca Vechio está bastante confiante na festa que deverá trazer animais do Rio, São Paulo e Paraná, vale ressaltar que o campeão da prova máxima gaúcha deverá ser convidado para representar o brasil no GP Ramirez 2019 em Maronãs(Uruguai).

Na festa paranaense nesse domingo, teremos um ótimo nível de jóqueis que abrilhantarão as melhores provas, são eles: Altair Domingos, Carlos Lavor, A.M.Souza, Vagner Leal, A.Mesquita, M.Ribeiro, N.A.Santos, Ivaldo Santana, R.Viana e M.Platini. Vale a pena conferir o simulcasting.

O treinador Valter dos Santos Lopes, deverá vir para a Gávea, alguns animais ficarão no CT Vale do Itajara, outros ficarão na Gávea.






Outras notícias:

[21/09/2018 - 09h00min] - Francisco Leandro bate o ponto em La Plata

[21/09/2018 - 08h55min] - Dez bons motivos para acompanhar o Leilão do GP Paraná

[21/09/2018 - 07h31min] - Leilão Virtual em Treinamento PRO TURFE – Destaques do Beverly Hills Stud

[20/09/2018 - 19h17min] - Em busca da barbada

[20/09/2018 - 11h40min] - Tarumã: pista e forfaits

[20/09/2018 - 10h43min] - Nesta quinta e sexta–feira, Leilão Virtual da APPS

[20/09/2018 - 08h59min] - Tarumã, comentários e indicações – Quinta–feira

[20/09/2018 - 08h57min] - Duelo sensacional entre Falero e Ortega em San Isidro

[19/09/2018 - 22h07min] - Leilão Virtual em Treinamento da PRO TURFE no dia 27 de setembro

[19/09/2018 - 14h33min] - Apresentação oficial do 32° Leilão do GP Paraná

[19/09/2018 - 09h51min] - Gugu, um raro e nostálgico instante de emoção

[19/09/2018 - 09h50min] - MGA de segunda–feira foi o maior da semana

[19/09/2018 - 08h24min] - Altair Domingos vence clássico em La Plata

[19/09/2018 - 02h27min] - Vencedores da semana no Hipódromo da Gávea

[18/09/2018 - 17h41min] - Gávea: pista e forfaits

[18/09/2018 - 17h33min] - Produtos do Stud Corazon de Leon estão alojados no Haras Vendaval

[18/09/2018 - 16h20min] - Gávea, comentários e indicações – Terça–Feira, por Jorge Olympio

[18/09/2018 - 16h15min] - Atualização do catálogo do Leilão Virtual de Treinamento do dia 21/09.

[18/09/2018 - 16h14min] - Pixilim de malas prontas.

[18/09/2018 - 16h13min] - Leilão Virtual da APPS.

[18/09/2018 - 10h28min] - Gávea, comentários e indicações – Terça–Feira, por Julio Ponte

[18/09/2018 - 09h30min] - Páreo Corrido, por Paulo Gama

[18/09/2018 - 09h04min] - GP Paraná Jockey Plaza é o grande evento nacional da semana

[18/09/2018 - 09h01min] - F. Leandro e A. Domingos ganham em Palermo

[17/09/2018 - 22h39min] - Prova especial "Glória de Campeão" é do Stud Snob





Prova Especial Quiproquó – Gávea – 09/09/2018











12.909

12.844

















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud 13 de Recife

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês