Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Costa Azzurra - Stud H & R

Inforcer - Stud Best Friends

Hispaniola Time - Haras Iposeiras

Paris Seis - Haras do Morro

Atafona Beach - Coudelaria Atafona

I Saw Everything - Stud H & R

Jackson Pollock - Stud Verde

New Prada - Stud Everest

Melhor Maneira - Stud Verde

Kim Bessinger - Stud H & R

Northern Bold - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Nepal - Haras Figueira do Lago

Gone Hollywood - Stud Verde

Mais Que Bonita - Stud Eternamente Rio

Guaruman - Haras Planície

Oitenta Por Hora - Stud Happy Again

Parigi - Haras Clark Leite

Penélope Charming - Haras do Morro

Allister - Stud Eternamente Rio

Menina Veneno - Haras Figueira do Lago

Neusely - Haras Figueira do Lago

Queijadinha - Haras do Morro

Pepsi-Queen - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Atafona Beach - Coudelaria Atafona

Dracarys - Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Madison - Haras Figueira do Lago

Kasablanca - Stud H & R

Mais Que Bonita - Stud Eternamente Rio

Queen Of Rio - Haras Clark Leite

New Look - Haras Figueira do Lago









Neste espaço são publicadas as manifestações dos nossos leitores.

O RAIA LEVE acolhe opiniões sobre todos os temas ligados ao turfe.
Reserva–se, no entanto, o direito de rejeitar ofensas, acusações insultuosas e/ou desacompanhadas de documentação. Eventualmente, os e–mails poderão ser checados. O site não tem o compromisso de publicar todas as mensagens recebidas. A publicação, quando ocorrer, se dará na íntegra ou parcialmente, privilegiando–se os trechos mais relevantes.

O Raia Leve, depois de pedidos de leitores e deliberação da diretoria da ACPCPSI decide que além da checagem de CPFs e identidade virtual costumeiramente feitas, só publicará mensagens de internautas que respondam e–mail confirmando a identidade. Desta forma, a editoria do site pede aos internautas que respondam e–mail da associação com a máxima rapidez possível quando solicitados a fim de ter a liberação de seu comentário, bem como assegurem–se que o e–mail raialeve@raialeve.com.br esteja definido como um endereço que não seja encaminhado para a caixa de Spam.





Julho | 2020

Antônio José Pais de Moura (11/07/2020) - Niterói/RJ

SÉRGIO BARCELOS

Brilhante, como sempre - definitivo como nunca...

Ignorar as suas crônicas é brincar de cabra cega neste neste insondável e maravilhoso mundo do Turfe.

O Raia Leve presta um relevante serviço divulgando o pensamento vivo do mais ilustre Homem do Turfe do nosso país.

Sou fã de carteirinha!

A.J. Pais de Moura

Antônio José Pais de Moura (11/07/2020) - Niterói/RJ

SÉRGIO BARCELOS

Brilhante, como sempre - definitivo como nunca...

Ignorar as suas crônicas é brincar de cabra cega neste neste insondável e maravilhoso mundo do Turfe.

O Raia Leve presta um relevante serviço divulgando o pensamento vivo do mais ilustre Homem do Turfe do nosso país.

Sou fã de carteirinha!

A.J. Pais de Moura

Vitor Nascimento (11/07/2020) - São Paulo/SP

Sobre o Pico Central, ele nunca foi treinado por um treinador americano um dia sequer em sua vida, no Brasil iniciou sua campanha aos cuidados do Atilio Rocha onde venceu em sua estreia, depois passou aos cuidados do Roberto Morgado onde ganhou o Major Suckow G1 e a primeira prova da triplice coroa, em 1600mts, na mesma temporada; derrotando por mais de 6 corpos o craque Hard Buck posteriormente vencedor de G1 nos EUA e segundo no tradicional King George VI And Queen Elizabeth Diamond Stakes G1 em Ascot, e quando encaminhado aos EUA seguiu aos cuidados de um treinador brasileiro, Paulo Henrique Lobo onde seguiu trilhando sua brilhante campanha.

Robson Costa (11/07/2020) - Nova Iguaçu/RJ

Realmente, cometi o ato falho de NÃO incluir o PICO CENTRAL nessa lista, pois vi correr esse animal e me lembro o quanto perplexo fiquei ao ver esse animal vencer Km do Suckow e com bem foi relatado aqui ganhou a milha em curto espaço de tempo. Era um cavalo diferenciado mesmo, como bem relatou outro participante aqui, fez uma campanha muito expressiva em pistas americanas.

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (11/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Nesse sábado em Keeneland teremos mais uma vez a apresentação de Jolie Olímpica, só que dessa vez é um Grupo 1 onde ela irá enfrentar a melhor égua dos Estados Unidos, a máquina chamada RUSHING FALL possuidora de 9 vitórias sendo 5 de G1, irei torcer pela nossa Jolie Olimpica, mas acho que a dupla de RUSHING FALL com TOINETTE é certa.

Roberto Luiz Morgado Neto (10/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Como o assunto é o grande craque Pico Central,me sinto à vontade para falar já que meu pai (R.Morgado Jr)foi o treinador dele desde a segunda corrida da campanha até seguir para os EUA e cumprir essa maravilhosa trajetória na América do Norte.

Ele sempre foi um animal totalmente diferenciado dos demais.Aqui no Brasil conseguiu um feito inédito e que julgo ser praticamente inigualável.

Venceu o Major Suckow em agosto de 2002 e em Janeiro de 2003 venceu o GP Estado do Rio de Janeiro em 1600 mts pra cima de grande cavalo Hard Buck(Que venceu grupo 1 em Dubai)por boa margem,já mostrando desde então que não era apenas um velocista e sim também um milheiro de exceção.
Sendo que nesse intervalo meu pai deu uma carreira preparatória para a primeira prova da coroa em uma prova comum de 1200 areia onde ele massacrou vencendo em 71 e fração por uns 10 corpos a puro galope.

Claro que a campanha dele nos EUA foi maravilhosa aos cuidados do P.H Lobo onde venceu grandes adversários em provas do primeiro nível.

Porém ele saiu do Brasil e foi para a América pois já sabíamos que se tratava de um animal de rara qualidade.

Uma pena não ser fácil encontrar os vídeos dessas carreiras dele aqui no Brasil.

Abs a todos e boa sorte

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (10/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Hoje fui dar uma olhada na campanha completa de PICO CENTRAL nos Estados Unidos e Dubai.

25/01/2004 - Santa Anita - Allowance Optional Claiming - 1º - 37,50
07/03/2004 - Santa Anita - San Carlos Handicap (Gr. 2) - 1º - 43,20
10/04/2004 - Aqueduct - Carter Handicap (Gr. 1) - 1º - 4,30
31/05/2004 - Belmont Park- Metropolitan Handicap (Gr. 1) - 1º - 3,45
15/08/2004 - Del Mar - Pat O’Brien Breeders’ Cup Handicap (Gr. 2) - 3º - 0,95 - FAVORITO
02/10/2004 - Belmont Park - Vosburgh Stakes (Gr. 1) - 1º - 2,20 - FAVORITO
27/11/2004 - Aqueduct - Cigar Mile Handicap (Gr. 1) - 3º - 0,95 - FAVORITO
26/03/2005 - Nad Al Sheba (DUBAI) - Dubai Golden Shaheen (Gr. 1) - 4º - Não informado
31/07/2005 - Del Mar - Bing Crosby Handicap (Gr. 1) - 9º - 2,60 - FAVORITO

Ele estreou logo num Claiming Opcional, pagando uma fortuna, venceu e depois dessa vitória nunca mais correu um Claiming.

Depois, duas corridas de Grupo 2 e o restante de Grupo 1.

Nas duas vezes que foi poule de devolução, fritou (parece até os favoritos da Gávea..rsrsr).

No Belmont Park- Metropolitan Handicap (Gr. 1) ele derrotou nada mais nada menos que FUNNY CIDE, o quase tríplice coroado americano, que na última prova em Belmont chegou em 3º.

Detalhe, no Brasil era uma cavalo de grama, que corria 1000 metros, foi o vencedor do Major Suckow 2003, mas nos Estados Unidos virou um avião na areia e em distancias muito maiores das que corria no Brasil.

Em 2004 Pico Central foi classificado em 12º lugar em premios obtidos em todo os Estados Unidos.

Não sei se outro animal brasileiro, obteve tanto sucesso lá fora.

Esse filho de Spend a Buck metia patas de verdade.

Campanha fora do Brasil: 9 saídas, 5 vitórias sendo 3 de G1, 1 de G2 e 1 AOC

*Fonte: Equibase

Jorge Humberto (10/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Boa tarde
Gostaria de homenagear também A.Barroso pela belíssima carreira. Mas vou lembrar um páreo que ele não venceu. Ele montando TIAGO do haras faxina no Derby, inteligente, sabendo que ganhar do ITAJARA era impossível, correu seu cavalo como se ITAJARA não existisse, chegando a falar com o Reisinho, " ..vai que meu páreo é outro", e assim foi segundo , conseguindo posição graduada para sua farda de contrato chegando em segundo. Lembro ainda GRISON, vitorioso no GP BRASIL, de ponta a ponta, não deixando BLESS NET , passar por ele em momento algum da minha e meia. FANTÁSTICO ALBENZIO BARROSO 

José Flávio Garcia (10/07/2020) - Londrina/PR

Lendo as preferências sobre os melhores animais do nosso turfe, fico na obrigação de mencionar Emerson (Coaraze-FR em Empenosa-ARG, por Full Sail). Quem viu correr não tem a mínima dúvida em afirmar ter sido o melhor cavalo brasileiro de todos os tempos. Invicto em nossas pistas, ganhou os três derbies existentes na época, Cruzeiro do Sul, Derby Paulista e inclusive o mais difícil, o Derby Sul-Americano, que reunia categorizados potros da América do Sul, principalmente os argentinos. Emerson foi exportado para a França, de onde veio o seu pai Coaraze (Tourbillon em Corrida, por Coronach-GB) e, apesar do preconceito por ser do Brasil, chegou a disputar as estatísticas como reprodutor, fato inédito para um cavalo nacional.

Orlando Motta Filho (07/07/2020) - São Paulo/SP

Apos uma quarentena forçada volto aqui com força nos dedos para poder teclar.
Para prestar homenagem ao ’feiticeiro’ Albenzio Barroso que para mim não foi o melhor mas foi o maior vencedor de Cidade Jardim nos ’aureos tempos’.
Off the Way no Brasil,Kenetico no Sao Paulo e tantas outras vitorias classicas para não ficar apenas em estatisticas.
Conhecido meu e de meu pai na casa do amigo comum de todos Julinho Santos ex joquei e treinador tambem infelizmente falecido.
Barroso,nos bons tempos,foi um dos maiores e mais conhecidos esportistas de São Paulo.Quem nunca havia ido ao Jockey,ou não conhecia corridas de cavalo,sabia que Barroso era o REI de Cidade Jardim.
Va com Deus,gasolina,que tocava sempre e mais.Seu nome,Cidade Jardim reverenciou para sempre.

Rodrigo Batista (07/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Fiquei curioso em saber da possível relação pessoal do Ilmo. Sr. Jorge Humberto com o jóquei l henrique, kkk, só isso justificaria seu fanatismo acerca do bridão.

Vamos combinar, B queiroz, L. Henrique são no momento apenas bons jóqueis, nada além disso, se irão evoluir não sabemos. são jovens e ainda tem potencial para tal.

Grande jóquei jovem montando no Brasil não temos nenhum na atualidade, posto que V Borges encontra-se montando na formula 1 do tufe Hong Kong e V Gil ainda é jovem mas algo parece estar errado com ele faz algum tempo. Hoje ficamos felizes ao vermos uma bela direção, outrora tão comum em nossos prados.

Por favor, quem viu por exemplo o "fantasma" de cidade jardim J Moreira dar aulas diárias de direção não faz tanto tempo assim não pode colocar os jóqueis atuantes no Brasil nesse mesmo rol, que dirá dos outros lendários jóqueis brasilianos o passado.

Não tenho nada contra L henrique, exageradamente incensado no início de carreira, não sabemos bem o motivo para tal. Espero que ele e os demais garotos evoluam nessa dificílima profissão e obtenham muito sucesso em suas carreiras, sei que a maioria é de origem humilde e muito batalhadores, abdicando de boa parte da juventude para conquistar um lugar ao sol no esporte.

Ao Ilmo Sr. Jorge Humberto, por gentileza, menos ok? Saudações turfísticas.

 

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (07/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Em 2003 o cavalo americano Funny Side, venceu o Kentucky Derby, depois venceu o Preakness Stakes, e na ultima prova da tríplice coroa americana foi 3º em Belmont Park numa pista muito pesada, qual não foi minha surpresa ao ver um cavalo brasileiro chamado Pico Central que no Brasil era especialista nos 1.000 metros na grama, derrotar o quase tríplice coroado americano Funny Side em 1.600 metros na areia, com imensa facilidade. Os treinadores americanos sejam eles quais forem realmente transformam animais, cavalos de grama passam a vencer na areia em distancias contrárias as quais atuavam no Brasil. O próprio Richard Mandella treinador de Bal a Bali disse que se ele não tivesse tido a laminite iria faze-lo correr na areia e eu não duvido que ele fosse conseguir.

Abaixo a vitória de Pico Central sobre o quase tríplice coroado Funny Side

https://www.youtube.com/watch?v=khc2KQNrX1Y

 

Ivor Lancellotti (07/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

No hipódromo da gávea não existe retrospecto, aliás ele é o único do Brasil que não respeita papel.
A melhor forma de acertar alguma coisa é nos dados! Em páreos de 6 animais use um dado só, no caso de mais de 10 animais jogue dois dados e a sim por diante.
Hoje eu vi um verdadeiro craque na raia! Falo de OCEANO NEGRO! Se eu fosse da comissão de corridas pediria a identidade para ver se é ele mesmo, ganhou de galope e o mais incrível! Sem apanhar! do espadachim. Impressionante, tem que inscrever no GP BRASIL correndo!
Gente ainda existem comentaristas que não comentam. locutor que indica e repórter que não perguntam.
Boa noite

Luiz Filipe Alves Pinto Amando (06/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Na minha boa e longínqua época, na qual o turfe era levado mais a sério, o jóquei C. Lavor após a direção dada no animal número dois deste segundo páreo de segunda-feira, seria imediatamente chamado pela Comissão de Corridas, para explicar o que foi fazer na raia.

Largou mal, não fez a mínima questão de se aproximar do penúltimo, virou por dentro, botou por fora, voltou para dentro, voltou para fora, isso tudo sem o menor interesse durante todo o percurso. O animal estava sentido?

Estava se afogando? Alguma explicação deve ser dada ao apostador.
Hoje porém, a época é outra. Época de PANDEMIA MORAL.

Os comissários devem estar assistindo as carreiras em "home office", daí as barbaridades que vêm acontecendo por aqui.

Pobres dos incautos turistas!

Atenciosamente,

Luiz Filipe Amando.

Antônio José Pais de Moura (06/07/2020) - Niterói/RJ

SE NÃO ME FALHA A MEMÓRIA

Senhores:

a) Chamar o ex-campeão do Alvarenga de "cavalinho" ou é um atestado de incompetência ou provocação dirigida! Ou ambas;

b) Farwell foi mesmo o nosso melhor de todos os tempos; o filho de Burphan e Marilú não fazia graça pra ninguém rir;

c) O Espaço do Leitor aqui do RL é amplamente democrático; cada um tem o pleno direito de afirmar a barbaridade da hora! Compra quem entender que deve...

A todos, um final de semana! Agora, às corridas - está na hora do primeiro páreo!

A.J. Pais de Moura

Claudio da Silva (06/07/2020) - São Lourenço/MG

Alguém tem notícia do A. Mota.
Vou dar meu palpite, o cavalo que mais gostei foi Farwel.

Robson Costa (06/07/2020) - Nova Iguaçu/RJ

Aproveitando um dos assuntos mais comentados nesse espaço, vou deixar a minha humilde opinião.
Quando falam de animais de exceção, eu devo dizer que vi poucos desses animais, mas vou listá-los aqui:

-- MUCH BETTER
Craque, foi correr na Europa e apesar de tudo contra fez uma bela carreira, sendo único animal brasileiro a participar do Arco do Triunfo e em sua campanha arrematou quase todas as provas de grupo1 no Brasil.

-- ITAJARA
Show Horse, lembro que as pessoas iam ao hipódromo para vê-lo correr, dava sempre um show nas pistas. Foi uma tremenda tristeza, a sua ausência do GP Brasil

-- TROYANOS
Craque do Araras que ganhou o GP São Paulo e o Brasil

-- FLYING FINN e FALCON JET
Um duelo que lotava as arquibancadas e que na minha humilde opinião transforma os dois em craques.

-- BAL A BALI
Um craque, dava show nas pistas e sua história merece um filme. Foi para os Estados Unidos e apesar da doença voltou e ainda ganhou provas de Grupo lá também.

-- OLIMPIC JOLIE
Uma craque aqui e vai fazendo história nas pistas americanas, vencendo provas de Grupo e com direito a recorde. Vai entrar para a história em breve.

Agora o meu preferido, que não tem uma campanha tão espetacular quanto a maioria dos descritos aqui, mas tenho uma profunda admiração por esse animal:

-- VILLACH KING--
O fato de ser BI-Campeão do GP BRASIL, sendo o único a vencer em anos alternados, 91 e 93, ganhando no primeiro ano de craques como Falcon Jet, Flying Finn, Veismann e Indian Chris; e na segunda vitória ganhou de feras como Sandpit, Vomage, Implausible e Much Better, entre outros. Duas direções espetaculares do CARLOS LAVOR.

 

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (06/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Senhor Jorge Humberto, o senhor me perguntou se eu vi correr Heliaco, e Heron entre outros, não, eu não vi, por alguns motivos, além de não ter transmissão pela tv, pois a tv no brasil só apareceu em 1950, além do que eu ainda não tinha nascido, então fazendo algumas contas, para o senhor ter visto esses 2 animais in loco o senhor ja está com mais de 90 anos, pois quando se é criança, mesmo que tenha visto não assimilou o fato, nesse caso lhe dou parabéns pois para 90 anos o senhor domina muito bem o mundo cibernético..rsrs

Orlando Motta Filho (05/07/2020) - São Paulo/SP

Apos uma quarentena forçada volto aqui com força nos dedos para poder teclar.
Para prestar homenagem ao ’feiticeiro’ Albenzio Barroso que para mim não foi o melhor mas foi o maior vencedor de Cidade Jardim nos ’aureos tempos’.
Off the Way no Brasil,Kenetico no Sao Paulo e tantas outras vitorias classicas para não ficar apenas em estatisticas.
Conhecido meu e de meu pai na casa do amigo comum de todos Julinho Santos ex joquei e treinador tambem infelizmente falecido.
Barroso,nos bons tempos,foi um dos maiores e mais conhecidos esportistas de São Paulo.Quem nunca havia ido ao Jockey,ou não conhecia corridas de cavalo,sabia que Barroso era o REI de Cidade Jardim.
Va com Deus,gasolina,que tocava sempre e mais.Seu nome,Cidade Jardim reverenciou para sempre.

 

Mauro Roger (04/07/2020) - Cachoeiro de Itapemirim/ES

Pois é, o cavalinho consta na tabela de recordes do JCB na milha em 91 e fração e nos 2.400 para menos de 144s.

Queria ter um cavalinho deste padrão....kkkkk

 

Eduardo Pinto (04/07/2020) - Fortaleza/CE

Boa tarde, Sr Renato!
Com toda certeza, discussão saudável.
A Barroso, sensacional jóquei, partiu.
Para mim, a maior joqueada numa milha internacional, no dorso do Heracleon, do Expecditus, atropelando para cima do Kew Gardens,com o Juvenal e Palazzi, com o Pereirinha. Páreo épico. Heracleon que foi bicampeão da prova no ano seguinte, com o G Menezes, numa reta infeliz do L Duarte em cima do Haut Arandu, tordilho craque filho de Ventaneiro.
Abraço e bom fds!!

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (04/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Esse Jorge Humberto viaja na maionese, onde foi que eu disse que Bal a Bali era o melhor de todos? Apenas disse sobre a boa vida que ele está tendo agora na Calumet Farm, quanto a Farrier, realmente deu impressão me lembro bem dessa corrida eu joguei Alakazan Alakazan do TNT e depois dessa corrida Farrier correu e chegou la atrás. Após isso o treinador D.Mineto disse que ele iria treinar Farrier como se ele fosse um potro estreando e assim foi, Farrier reapareceu e mais uma vez chegou no fundo do lote e foi aposentado. Me lembro que o titular do Stud baião me disse que por Farrier ser muito pesado, mais de 540 kg não teria vida longa e assim foi.

José Alves (04/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Bom dia. É bom saber que os jockeys de outro continente, estão ajudando o aprendiz B.Sousa. E qual a posição do jcb em relação a ele, nunca mais se falou nada. Aguardo contato. Obrigado.

Renato Leite (04/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Sr Eduardo Pinto, boa noite, não é questão de preferência e sim de experiência e categoria.
Quando acho que o animal montado pelo B. Queiroz vai vencer, não tenho nenhum problema em apostar.
Só que por enquanto L.henrique x B.Queiroz, não tem esse páreo.
Essa é minha opinião, porém respeito a sua.
Brigam as ideias,os Homens jamais.
Boa noite companheiro do raia leve

Jorge Humberto (04/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Carlos Santana e Mauro Roger.
BAL A BALI quando correu com FARRIER foi esmagado por 10 corpos, depois FARRIER quebrou a palheta na milha internacional quando dava 1,2. BAL A BALI nao consta nem entre os 50 melhores cavalos que já passaram por aqui. Para gangar o GP Brasil teve que coloca o faixa do Alvarega Americano em cima do CATH A FLIGHT num trem de 60 corpos na frente, mesmo assim CATH A FLIGHT demorou a parar. Já ouviram falar em.FARWEL, ESCORIAL, GUALICHO, HERON, HELIACO, ITAJARA, CACIQUE NEGRO, VIRGINIE, INDIAN CRIS, OLD MASTER, MUCH BETTER, IMENSITY, e mais uma penca melhor que esse BAL A BALI, cavalinho...

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (03/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Vale lembrar que Bal a Bali é o 3º produto mais valioso da Calumet Farm para coberturas, $15,000.00

Luiz Eduardo de Freitas Mourão (03/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Aproveitando a citação do sr. Eduardo Pinto sobre o jóquei Vagner Borges, ora atuando no Jockey Club de Hong Kong, informo que ele, até 01/07, já conseguiu 16 vitórias.
Encontra-se na décima-primeira posição do ranking, devendo ser lembrado que passou a atuar no referido hipódromo a partir da segunda quinzena de março.
Acrescento que, como recém-chegado, em definitivo, no HKJC, ainda monta competidores com chance, teórica, menor. Isto pode ser comprovado quando verificamos os rateios que seus conduzidos pagam, quando vencem.

Mauro Roger (02/07/2020) - Cachoeiro de Itapemirim/ES

Sr. Carlos Eduardo de Santana

Que grande presente me deu ao disponibilizar imagens atuais de Ball a Balli nos Estados Unidos.

Os melhores cavalos que vi correr;Itajara ,Much Better e Ball a Balli.

Pura emoção pra quem ama os PSIs

Obrigado.

 

Alberto Faveret (02/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Penso que os cronistas do Raia Leve Paulo Gama e Leandro Mancuso não leem o
Espaço do Leitor.
Recentemente (22/06) o turfista Aldo Moraes publicou um texto, muito qualificado, no qual ele deixou bem claro que o JCB, perdeu durante a pandemia, receitas as quais geravam os recursos necessários para manter a atividade turfística operando com um déficit ainda suportável.
É bem verdade que no passado remoto, o turfe ajudou em muito o clube a construir um respeitável patrimônio, no entanto há muitos anos que as corridas são deficitárias.
A PMU, na primeira brecha contratual, fez as malas e voltou para Paris levando na bagagem um baita prejuízo.
Atualmente, em tempos de pandemia, a única receita que o clube mantém viva é a taxa de manutenção dos sócios.
Ao promover 18 páreos semanais e com premiação reduzida em 40%, o prejuízo mensal do JCB, atinge aproximadamente a casa do milhão de reais.
Dito isto, pergunto:
- Como programar quatro reuniões semanais sem correr o risco de quebrar a banca?
- Não seria uma irresponsabilidade da direção do clube?

José Francisco Pereira Sousa (02/07/2020) - Porto Alegre/RS

Sr. Jorge Humberto quanto a distância dos abraços é por causa da pandemia. Outrossim, ,estou louco de vontade e saudade de abraçar e paparicar muitas vizinhas queridas e gostosas. kkkk

Eduardo Pinto (02/07/2020) - Fortaleza/CE

Senhor Jorge Humberto e Sr Renato Leite, boa sorte para vcs nas apostas e com o jóquei preferido de vcs. Sobre não ter esse páreo, existe e sim e esse ano saiu vencedor o Bruno Queiroz, quer vcs aceitem ou não. E ano passado só não deu o Bruno pela equivocada suspensão de um mês imposta pela Comissão de Corridas.

Sr Jorge, assisti a todos esses jóqueis citados pelo Senhor. Tenha certeza que sim, e, dentre esses, o Ivan Quintana foi o melhor, seguido do Gabriel Menezes.

Atualmente em atividade no Brasil, o Lavor ainda continua sendo o melhor, já que o Vagner Borges segue carreira internacional. Quanto ao L. Henrique, posso citar, por baixo, cinco jóqueis que julgo melhor que ele.

Boa sorte aos Srs!

José Francisco Pereira Sousa (02/07/2020) - Porto Alegre/RS

Bom dia. Quero agradecer ao sr. Carlos Eduardo Santana pela oportunidade de assistir a reportagem sobre Bal a Bali, foi muito gratificante ver como ele está bem. Como filho de um ex treinador de cavalos do interior do RS ( saudoso BRASIL SOUZA), amo os cavalos e seus jóqueis, antes das apostas. Por falar em jóqueis quero saudar efusivamente a volta do Pinheirinho ( B.PINHEIRO) às corridas da Gávea. Muita saúde a todos.

Renato Leite (02/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Bom dia a todos.
B.Queiroz, bom jóquei e tem tudo para ser muito melhor.
L.Henrique, excelente jóquei.
L. Henrique x B. Queiroz, não tem esse páreo.
E colocar nomes como j.Ricardo,j.M.Silva,G.menezes,G.F.Almeida,A.Barroso,etc. nessa parada, é brincadeira.

Jorge Humberto (02/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

Caro jose Francisco
Quanto aos abraços que v.Sa pede distância, me estranha até porquê es dos pampas tchê...Rsss
Vocês não sabem nada. Boa sorte pra B. Queiroz a realidade de vocês. É pra várias o L. Henrique saiu suspenso várias corridas e o B. Queiroz está liberado pra suas obras.
Vale até um brinde...sem trocadilhos
O outro leitor que disse que viu os jockey que citei eu não acredito. Não viu mesmo. Se não, esses elogios ao B. Queiroz nao existiam. É mais , esse espaço aqui é do RAIA LEVE. Que eu saiba não tem dono.

Antônio José Pais de Moura (02/07/2020) - Niterói/RJ

SOBRE BAL A BALI

Sr. Carlos Eduardo de Santana Teixeira,

Desejo agradecer pela oportunidade proporcionada pelo prezado Turfista; rever o notável Bal A Bali foi uma inesperada e grata satisfação!

O Turfe não é mesmo apenas o guichê do Pagador! E a Calumet Farm é um pedaço do Paraíso...

Saudações Vascaínas!

A.J. Pais de Moura

 

Carlos Eduardo de Santana Teixeira (02/07/2020) - Rio de Janeiro/RJ

A boa vida de Bal a Bali atualmente na Calumet Farm

https://calumetfarm.com/videos/

José Francisco Pereira Sousa (01/07/2020) - Porto Alegre/RS

Bom dia. Segundo um nobre frequentador deste espaço, eu não entendo nada de turfe. Sr Jorge Humberto, com todo respeito, bem vindo ao clube!!!! Nada de abraços , vamos manter a distância!!!!

Eduardo Pinto (01/07/2020) - Fortaleza/CE

Sr Jorge Humberto, para encerrar, aceite a derrota. Bruno Queiroz já é uma realidade, assim como o Leandro Henrique. Quanto aos jóqueis citados, também vi todos em ação. Portanto, também tenho parâmetros para opinar.
Aproveito para desejar boa sorte ao V. Gil na nova operação no joelho. Que volte logo. Grande jóquei!!!








12.992

12.844



















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras Figueira do Lago

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Cezzane

Stud Embalagem

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street
  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês