Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

El Topo – Haras do Morro

Kid Carson – Stud Verde

Douma – Sinval Domingues de Araujo

Elemento Fatal – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Selo Negro – Stud Cajuli

Deep Moment – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Baccos – Stud Cajuli

Kid Carson – Stud Verde

Douma – Sinval Domingues de Araujo

Duchesse Carina – Stud Hulk

Joka Tango – Stud Lagoa 26

Emerald Lady – Stud Wall Street

Selo Negro – Stud Cajuli

Jon Jones – Sinval Domingues de Araujo

Selo Achaque – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Ca̤arola РRonaldo Cramer Moraes Veiga

Neshama – Ulisses Lignon Carneiro

Energia Important – Stud Gold Black

Baccos – Stud Cajuli

Lover Of Speed – Sinval Domingues de Araujo

Magic Citizen – Coudelaria Jessica

Lepo–Lepo – Sinval Domingues de Araujo

Kremlin – Stud Hulk

Veramente Buono – Haras Old Friends

Bebe Frances – Stud Ilse

Deluge – Coudelaria Palura Mirim

Emerald Lady – Stud Wall Street

Joka Tango – Stud Lagoa 26

Maestro da Serra – Stud Cajuli

Neshama – Ulisses Lignon Carneiro







Preciosidades: Quiproquó, Dona Zélia e a magia do Turfe
14/04/2010 - 10h50min

José Briani Netto

Quiproquó, o "Expresso de Prata", e Dona Zélia

Quiproquó, o expresso de prata, foi dos grandes corredores brasileiros de todos os tempos. O filho de The Phoenix e Blue Grass (Papyrus) deu belos espetáculos de classe nas pistas carioca e paulista. Sempre preparado por Oswaldo Feijó, dirigido, nos grandes feitos, pelo extraordinário chileno Juan Marchant (como aparece nesta foto),  um dos mais perfeitos pilotos que o Brasil viu montar, e defendendo as cores inesquecíveis de Dona Zélia Gonzaga Peixoto de Castro, a branco e estrelas azuis. Dona Zélia, como era carinhosamente conhecida, aparece aí segurando-o depois de um de seus fantásticos sucessos.

Na pista paulista, entre outras provas, venceu os três mil metros do GP São Paulo. Na carioca, em 1953, fez sua a tríplice coroa de forma brilhantíssima sempre tendo um defensor do Stud Seabra na sua escolta. Na milha e meia do GP Cruzeiro do Sul, o Derby, momento maior do festival que o JCB organizou para este final de semana, superou Ravel em emocionante final.

Assim, nada mais oportuno do que esta homenagem ao Quiproquó exatamente nesta semana. Mas também a sua grande proprietária, a turf-woman maior da história de nosso turfe, com também um justíssimo GP de Grupo I, a milha e meia da terceira prova da tríplice coroa de potrancas, a ser corrida neste mesmo domingo do Derby.

Vendo esta foto, a saudade bate naqueles que viveram aqueles grandes momentos quando o nosso turfe era maravilhoso e levava grandes públicos às dependências de nossos hipódromos. Para aqueles que não viram,  mas ouviram falar, e muito, esta imagem fica para que conheçam um pouco mais estas duas lendas que, por isso mesmo, jamais serão esquecidas.

da Redação



<< Página anterior













12.812

12.844





















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Fazenda Eldorado

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud 13 de Recife

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Mengão 1981

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês