Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Querida Niquita – Stud Cariri do Recife

Hunter – Stud Everest

Invencible Hill – Haras do Morro

Natural Champion – Coudelaria Jéssica

Dúvida – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Casual Elegance – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

King Of Beers – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Over–Mint – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Roi Plantagenêt – Stud Nunes de Miranda

Hello Cat – Haras Planicie

Morena de Bagé – Stud Capitão

Sib Reality – Coudelaria Atafona

Don Arlindo – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Super Tânia – Stud Elle et Moi

Joe Kobe – Vanessa Ferreira da C.Borioni Escobar

Quarteto de Cordas – Haras do Morro

Feliz Guapo – Stud Verde

É do Verde – Stud Verde

Elusive Gift – Stud Hulk

Festa Pronta – Stud Verde

Joe Kobe – Vanessa Ferreira da C.Borioni Escobar

Energia Important – Stud Gold Black

Magic Citizen – Coudelaria Jessica

Useiroevezeiro – Stud Cariri do Recife

Thunder Jet – Stud Cajuli

Vai Na Minha – Haras do Morro

Dicho – Stud Allstar Brasil

Determined Destiny – Stud Allstar Brasil

La Vida Loca – Stud Wall Street

Useiroevezeiro – Stud Cariri do Recife








Abril | 2017

Sonho do Derby em disputa por 17 candidatos
07/04/2017 - 09h45min

O Grande Prêmio Cruzeiro do Sul já foi conquistado por inúmeros craques em sua gloriosa história no Hipódromo da Gávea. No ano passado a craque Daffy Girl, preparada por Roberto Morgado Neto, e montada por Valdinei Gil, desbancou os potros com absoluta superioridade. E nos últimos anos alguns corredores de exceção escreveram os seus nomes na luxuosa galeria dos heróis do Derby. Em 2.014, Bal A Bali, montado por Vagner Borges, e treinado por Dulcino Guignoni, conquistou a tríplice-coroa na incrível marca de 2m23s25, recorde do percurso. Dois anos antes, Plenty of Kicks, outro craque tríplice-coroado, já havia obtido a consagração montado pelo herói, Jorge Ricardo, e apresentado em forma magnífica por Júlio César Sampaio.

Páreo com enorme tradição em todo o mundo, devido a oportunidade única de reverenciar o melhor produto de três anos da geração, o Derby deste ano está esvaziado por uma ausência no campo da prova. E o motivo é simples, a versão desta temporada não contará com a verdadeira estrela da companhia, a potranca No Regrets, que atuará no mesmo dia, em outro páreo, o Grande Prêmio Zélia Gonzaga Peixoto de Castro, para sacramentar a conquista da tríplice-coroa das potrancas. A impossibilidade de vê-la contra os machos, por motivo óbvio, certamente frustra os verdadeiros turfistas.

O campo do GP Cruzeiro do Sul, entretanto, tem bons nomes. E seria injusto citar alguns e deixar outros tantos de fora. E perigoso, por que, provavelmente, o ganhador seria um dos esquecidos. Porém, vendo as coisas pelo lado otimista. Não ter um protagonista torna o páreo fascinante para proprietários e criadores. Todos vão sair de casa esperançosos e confiantes. O sonho de ganhar o páreo inesquecível parece bem próximo. Afinal, descartar qualquer um dos 17 candidatos seria cometer injustiça imperdoável. Que venha o Derby! Que ganhe o melhor!

por Paulo Gama



<< Anterior Próxima >>











12.849

12.844















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud 13 de Recife

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street

  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês