Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Isola Di Fiori - Haras do Morro

Agassi - Stud Verde

Historieta - Stud Snob

Hervadaninha – Stud Palura

Jurere Girl – Stud H & R

Adaga do Rei – Haras do Morro

Cuca Morena – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Ultimaforma – Stud Verde

Maestro da Serra – Stud Cajuli

Escasa – Haras do Morro

Garbo Talks – Haras do Morro

Tea Time – Stud Nunes de Miranda

Ba Victoria – Stud Cezzane

Garra – Haras Do Morro

Fletcher – Stud Snob

Garbo Talks – Haras do Morro

Fletcher – Stud Snob

Till To Disc – Haras do Morro

Empowered – Stud Happy Again

Fantasma Bobby – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Imperador Acteon – Stud Acqua Azul

Acteon Gaucho – Stud Hulk

Zolano – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Garra – Haras Do Morro

El Poker – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Green Century – Stud Palura

Useirovizeiro – Stud Cariri do Recife

Penelope Charming – Haras do Morro

Mstraubarry – Stud Verde

Ghoul – Stud Verde








Outubro | 2011

Aregtina: Malibu Queen, do Araras, vai ao Selección
11/10/2011 - 11h59min

MALIBU QUEEN, do Haras Santa Maria de Araras se impôs por três corpos sobre MISS SERENDIPITY (Not For Sale), e desta maneira venceu o Prêmio Clásico Francisco J. Beazley (G.2), para potrancas nascidas desde 1º de julho de 2008, sobre a distância de 1800 metros em pista de areia úmida, corrido ontem (10/10) no Hipódromo Argentino de Palermo. Terceiro a 1 1/2 corpos chegou TE DI LACANA (Editor’s Note) que por sua vez superou a FEELING GREAT (Sunray Spirit), que fechou a quadrifeta.

Como era de se esperar, MALIBU QUEEN tomou a dianteira seguida de perto por MISS SERENDIPITY, e logo depois FEELING GREAT e TE DI LACANA. Sem maiorES diferençaS que a posta inicialmente de 3/4 corpos sobre MISS SERENDIPITY, e fazendo-lhe sentir a pressão, as demais competidoras foram percorrendo juntas pela curva até ingressarem na reta final. No obstante, MALIBU QUEEN livrou 1 ½ de vantagem que conservaria a seu favor até o disco final. O tempo total empregado pela vencedora foi de 1’48"27, com parciais de 23"24; 47"13; 1’11"02; e 1’35"20.

MALIBU QUEEN, de 3 anos é filha de Bernstein (USA) e Malinche por Lode (USA) em Go For Win por Egg Toss, criada no Haras Santa Maria de Araras, aquém pertence à Caballeriza homônima. Com a condução tranquila do jockey Juan Carlos Noriega – participou como convidado do Haras Maluga no meeting do GP Brasil/2009 – foi apresentada pelo treinador Juan S. Maldotti. Malibu Queen acumula sua 3ª vitória em 6 saídas, sendo esta de ontem a primeira graduada na escala internacional como prova de Grupo 2.

A pupila do Santa Maria de Araras, venceu suficientemente bem o Clásico Francisco J. Beazley, e deixou claro que é postulante a um resultado similar no grandíssimo Gran Premio Seleccíon em novembro próximo.

Se vai vencer? Não é impossível, mas vai ter a companhia indigesta de Balada Sale (Not For Sale), a All Blacks entre as potrancas desta temporada na Argentina.

A maneira mais fácil de não perder contra uma adversária é não enfrentá-la. Mas têm quem pense diferente, como os Maldotti, tanto o pai como seu filho, ainda mais com a opinião de Nacho Pavlovsky, o diretor técnico dos cavalos de Júlio Bozzano, que ontem estava presente no circo parlemitano para assistir sua potranca Malibu Queen.

por Mário Rozano



<< Anterior Próxima >>








12.961

12.844















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Cezzane

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street
  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês