Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Isola Di Fiori - Haras do Morro

Agassi - Stud Verde

Historieta - Stud Snob

Hervadaninha – Stud Palura

Jurere Girl – Stud H & R

Adaga do Rei – Haras do Morro

Cuca Morena – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Ultimaforma – Stud Verde

Maestro da Serra – Stud Cajuli

Escasa – Haras do Morro

Garbo Talks – Haras do Morro

Tea Time – Stud Nunes de Miranda

Ba Victoria – Stud Cezzane

Garra – Haras Do Morro

Fletcher – Stud Snob

Garbo Talks – Haras do Morro

Fletcher – Stud Snob

Till To Disc – Haras do Morro

Empowered – Stud Happy Again

Fantasma Bobby – Ronaldo Cramer Moraes Veiga

Imperador Acteon – Stud Acqua Azul

Acteon Gaucho – Stud Hulk

Zolano – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Garra – Haras Do Morro

El Poker – Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Green Century – Stud Palura

Useirovizeiro – Stud Cariri do Recife

Penelope Charming – Haras do Morro

Mstraubarry – Stud Verde

Ghoul – Stud Verde








Abril | 2019

A morte Severino, o "Louro", da Tribuna Social
11/04/2019 - 09h46min

Com imensa tristeza acabei de ler, no site do JCB, a nota de falecimento de Severino Alves Marinho, 73 anos, há longos anos, mensageiro da Tribuna Social do Jockey Club Brasileiro. Nordestino de sotaque carregado, que os longos anos de morador do bairro de Padre Miguel, não conseguiram modificar, o popular “Louro”, falava feito um papagaio, torcia freneticamente pelo Flamengo, e era incapaz de negar qualquer pedido que você lhe fizesse. Todas as semanas eu tinha o privilégio de bater papo com ele na Repesagem, as vezes junto com o tricolor Braga, outras com o vascaíno, Henrique. Era a nossa resenha esportiva semanal.

Cabelo grisalho demais, para apenas meio século de vida, Louro, com certeza, viveu intensamente. Gostava de soltar gracejos para as meninas da limpeza e de provocar os colegas do JCB, sempre por causa do Flamengo, sua grande paixão. Falava alto, tinha aquele linguajar bem popular e irreverente. Era um desses tantos Severinos que saem do Nordeste e se apaixonam pelo Rio de Janeiro. Louro era honestíssimo. Recentemente, no ônibus, ao perceber que uma moça, acompanhada do filho, desceu da condução e esqueceu uma pasta escolar do garoto, guardou para tentar lhe entregar. Depois de ler o endereço da Escola JCB no material escolar foi pessoalmente entregar na portaria da escolinha. 

Por estas e outras, Louro era respeitado por criadores, proprietários, dirigentes, turfistas e “protegido” de todos os presidentes do JCB nos últimos longos anos de trabalho. Era um sujeito simplório, despojado, mas trabalhador, honesto e correto. Uma pena que tenha ido tão cedo. Padre Miguel perdeu um grande cidadão. O Flamengo, um torcedor ilustre, porem anônimo. E nós, do Jockey Club Brasileiro, aquele sorriso irônico, sarcástico, a língua ferina e o bom humor de viver intensamente, cada momento, como se fosse o último da vida.

por Paulo Gama


<< Anterior Próxima >>








12.961

12.844















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Cezzane

Stud Elle Et Moi

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street
  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês