Cadastre-se e receba novidades:

Nome


E-mail

Our Captain Louis - Stud Faverest

King Five - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Paris Seis - Haras do Morro

La Marianne - Haras Itá-Kunhã

Notorious - Haras Figueira do Lago

Galilei Thunder - Haras do Morro

Nero D’Avola - Haras Figueira do Lago

Oak Flavour - Haras Figueira do Lago

Hipness - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Ostentacion - Stud Cajuli

Oxford Girl - Haras Figueira do Lago

Impulsione - Haras do Morro

Danish Ship - Stud Rotterdam

Ostentacion - Stud Cajuli

Nergy Of Tiger - Stud Cajuli

Joka Tango - Haras do Morro

Lexus - Stud H & R

Revoada - Haras Clark Leite

I’ve Been There - Haras do Morro

Olympic Ipswich - Haras Do Morro

Non Merci - Haras Figueira do Lago

Our Captain Louis - Stud Faverest

Nergy Of Tiger - Stud Cajuli

Alto Lá - Stud Bossa Rio

Orozco - Jorge Olympio Teixeira dos Santos

Mem Cade Ce - Stud Verde

Notorious - Haras Figueira do Lago

Hecho Con Amor - Stud Verde

Impulsione - Haras do Morro

Joka Tango - Haras do Morro











Colunista:

Foi dada a largada, por Jéssica Dannemann
04/06/2012 - 12h59min

Um negócio da China

Com investimentos que ultrapassam a casa de dois bilhões de dólares os chineses estão dando a largada para a construção de um complexo turfístico na cidade de Tianjin numa área de três milhões de metros quadrados, conforme publicou o “Thoroughbred Daily News” .

Serão implantadas duas pistas de corrida e cinco para treinamento que contarão com 150 grupos de cocheira com capacidade total de 4.000 boxes apenas na primeira fase, num total previsto em dez anos de 12.000, além de uma fantástica estrutura hospitalar e um tattersall para leilões com capacidade para 2.000 pessoas sentadas.

Os irlandeses, que já exportam 200 milhões de euros de PSI por ano, estão à frente da chamada “transferência de tecnologia”, que envolve programas de qualificação técnica para o segmento agro–pastoril chinês, estimando em cerca de 50 milhões de euros o volume de exportação de cavalos para a China, já no primeiro ano.

Na mesma mão dos cavalos já estão sendo consolidadas outras parcerias importantes no ramo do agro–negócio, que competem positivamente para o superávit irlandês na ordem de um bilhão de euros.

Uma pena termos passado os últimos quatro anos (enquanto a Irlanda trabalhava de verdade) procurando licença para máquinas caça–níqueis, logo o Brasil com potencial e vocação gigantesca para criar cavalos e não chips eletrônicos; pena que o Ministério da Agricultura estivesse também muito empenhado com a Portaria (porcaria) do Simulcasting Internacional, não tendo tempo para desenvolver nada acerca dessas oportunidades.

É que lá, naquele país europeu, o Ministério da Agricultura deles não se preocupa com jantares políticos oferecidos para senadores que conseguiram reduzir o valor do fomento a equideocultura nacional, eles procuram apenas por meios objetivos que aumentem a rentabilidade dos equideocultores e as divisas da Irlanda.



<< Coluna anterior Próxima coluna >>



[ Escolher outro colunista ]










13.140

12.844



















Coudelaria Atafona

Coudelaria FBL

Coudelaria Intimate Friends

Coudelaria Jessica

Coudelaria Pelotense

Haras Clark Leite

Haras Iposeiras

Haras Depigua

Haras Figueira do Lago

Haras do Morro

Haras Old Friends

Haras Planície

Haras Vale do Stucky

Jorge Olympio
Teixeira dos Santos

Ronaldo Cramer
Moraes Veiga

Stud Brocoió

Stud Cajuli

Stud Capitão

Stud Cariri do Recife

Stud Cezzane

Stud Embalagem

Stud Everest

Stud Gold Black

Stud H & R

Stud Hulk

Stud Ilse

Stud La Nave Va

Stud Palura

Stud Quando Será?

Stud Recanto do Derby

Stud Rotterdam

Stud Spumao

Stud Terceira Margem

Stud Turfe

Stud Verde

Stud Wall Street
  Associação Carioca dos Proprietários do Cavalo Puro-Sangue Inglês